09 dezembro 2011

Pena de Morte: Instruções dos Espíritos

O Espírito Irmão X (Humberto de Campos), no capítulo 21 (“Acerca de Pena de Morte”), do livro Cartas e Crônicas, psicografado por Francisco Cândido Xavier, elucida-nos que a execução de uma sentença de morte, na maioria dos casos, é a liberação prematura da alma que se arrojou ao despenhadeiro da sombra.

No meio da mensagem, há os seguintes dizeres: "Organizar a penitenciária renovadora, onde o serviço e o livro encontrem aplicação adequada, é a solução para o escuro problema da criminalidade, entre os homens, mesmo porque o melhor desforço da sociedade, contra o delinquente, é deixá-lo viver, na reparação das próprias faltas".

Nenhum comentário: