22 junho 2011

Centro Espírita: Dificuldades de Arrecadar Fundos

Um Centro Espírita, embora não deva cair nas imposições disfarçadas, para que o crente alcance a sua salvação, necessita de recursos financeiros. Há despesas com água, luz, telefone e limpeza. Há necessidade, também, de fazer caixa para futuras despesas, tais como, reforma e ampliação da sede social.

Pois, bem, programa-se um evento, e notam-se as mais disparatadas desculpas para não atender, para não auxiliar. Ah! É sábado à noite; é no domingo... Quando o evento, porém, é peça teatral, palestra, festividade e simpósio, aí o tempo aparece.

Outro tipo de dificuldade: não me dou bem com o organizador do evento. Dá-se a impressão que trabalhamos para as pessoas e não para a causa espírita.

De vez em quando, aparece um colaborador com uma lista enorme de sugestões; depois, não o vemos metendo mãos à obra.

Embora haja dificuldades, os responsáveis pela administração de uma Casa Espírita devem continuar na programação desses eventos, pois cada um responde pelos seus próprios atos.

Nenhum comentário: