07 dezembro 2011

Suicídio: um Depoimento

O Espírito Irmão X (Humberto de Campos), no capítulo 2 (“Depoimento”), do livro Estante da Vida, psicografado por Francisco Cândido Xavier, faz onze perguntas a uma jovem senhora que, há precisamente catorze anos, cometeu o suicídio, ingerindo formicida.

Pelo teor de suas respostas, constatamos a lucidez de seu pensamento, embora sob o peso de remorsos incomensuráveis. Não nos fala do “Vale dos Suicidas” ou de regiões tenebrosas, criadas para os que estão nesta situação.

Esta entrevista confirma-nos que cada caso é um caso, sendo prejudicial ao nosso raciocínio colocá-los num saco comum. A Codificação Espírita alerta-nos que há, nesses casos, os agravantes e os atenuantes. Por isso, a ponderação doutrinária deve vir em primeiro lugar antes de expressarmos as nossas emoções com relação ao assunto.

Nenhum comentário: