29 fevereiro 2012

Um Cético

O Espírito Irmão X, no capítulo 14 ("Um Cético"), do livro Crônicas de Além-Túmulo, por Francisco Cândido Xavier, relata a conversa que teve com um  monge desencarnado, em que tudo via problemas, descrenças, desilusões.  

... E por que não tenta o Espiritismo? Já tentei, mas também me desiludi.

— Então, nada o convence?

— Nada. Ficarei aqui até à consumação dos evos, se a mão do Diabo não se lembrar, de me arrancar dessa toca de ossos moídos e cinzas asquerosas. E, quanto ao senhor, não procure afastar-me dessa misantropia. Continue gritando para o mundo que lhe guarda os despojos. Eu não o farei.


Nenhum comentário: