01 janeiro 2021

Ano Novo, Vida Nova (2021)

Questão: quais são as perspectivas de 2021 ante o ano pandêmico de 2020?

O ano de 2020 foi marcado por um intenso viés político em torno do coronavírus. Alguns governadores e prefeitos, ao redor do mundo, impuseram à população uma quarentena nunca antes vista. Consequência: diminuição da atividade econômica e perda de emprego. A concorrência pela aprovação de uma vacina eficaz, em tão pouco tempo, foi bastante acirrada. 

Apesar de tudo, o ritual de renovação, neste primeiro dia do ano de dois mil e vinte um, surge como uma necessidade inevitável para o consolo espiritual dos habitantes deste planeta. Por isso, comecemos o ano com muita fé em nós mesmos, nos Espíritos superiores e em Deus, nosso Pai.  

Alguns temas —  escolhidos arbitrariamente — para nossa reflexão: 1) paciência; 2) amor ao próximo; 3) humildade diante do Criador; 4) gratidão para com parentes e amigos; 5) intensa busca da verdade; 6) aproveitamento integral das horas que passam; 7) perdão aos nossos adversários; 8) cuidar do corpo e do espírito; 9) discurso como uma mensagem do coração; 10) sobriedade em tudo.

Lembremo-nos sempre de que o mundo material, sendo palpável, torna-se facilmente visível. A visão do mundo espiritual, no entanto, requer esforços, muitas vezes hercúleos, pois teremos de renunciar às nossas opiniões, gostos e desejos. Não há como servir a Deus e a Mamon.  

O sentimento de humildade e de obediência a Deus coloca-nos em sintonia com os Espíritos benfeitores do espaço. Deles podemos receber valiosas instruções para o bom encaminhamento de nossa vida. Contudo, as novas instruções, para se tornarem patrimônio da alma, têm que encontrar receptividade em nosso âmago.

Nenhum comentário: