10 julho 2017

O Que É o Espiritismo (Livro)

Allan Kardec, preocupado com a falta de profundidade dos estudos espíritas, os quais demandam tempo de pesquisa e maturação das ideias, publicou o livro Qu'est-ce que le Spiritism? (O Que É o Espiritismo) em 1859, onde apresentou resumidamente as respostas a algumas das principais perguntas que lhes eram dirigidas.

"O Que É o Espiritismo" é um resumo dos princípios da Doutrina Espírita e respostas às principais objeções. É uma introdução ao conhecimento do mundo invisível, pelas manifestações dos Espíritos. Em linhas gerais, temos os diálogos com o crítico, o cético e o padre, os fenômenos mediúnicos, a conceituação do que é o Espiritismo e sua diferença com relação ao espiritualismo, a Sociedade Espírita Parisiense, entre outros. 

No preâmbulo, diz que "o Espiritismo é, ao mesmo tempo, uma ciência de observação e uma doutrina filosófica. Como ciência prática ele consiste nas relações que se estabelecem entre nós e os Espíritos; como filosofia, compreende todas as consequências morais que dimanam dessas mesmas relações". Daí, podemos defini-lo como uma "ciência que trata da natureza, origem e destino dos Espíritos, bem como de sua relação com o mundo corporal". 

Nos três diálogos, salientamos:

  • O crítico. O visitante se considerava ex-professo. Allan Kardec indaga, então, se ele estudou o assunto sob todas as faces, fez todo o tipo de leitura, analisou e comparou as diversas opiniões, e nada desprezou para chegar à verdade. 
  • O céticoO erro de todos está em crerem que a fonte do Espiritismo é uma só, e que se baseia na opinião de um só homem. O Espiritismo, pelo contrário, encontra-se em toda a parte, pois em qualquer lugar os Espíritos podem se manifestar. 
  • O padreNão se pode qualificar de demoníaco um ensino que se apoia sobre a mesma autoridade e que proclama a missão divina do fundador do Cristianismo. 

Este livro tem outros temas interessantes: loucura, suicídio e obsessão, escolhos da mediunidade, as razões de usar o termo "Espiritismo" em vez de "espiritualismo", explicação sobre quem são os médiuns, sobre a questão das reuniões frívolas etc. 

Para quem não leu, vale a pena ler; para quem já leu, a releitura traz-nos novas incursões ao conhecimento espírita.  

Nenhum comentário: