25 fevereiro 2009

Perispírito

Perispírito é o invólucro semi-material do Espírito. É o elo de ligação entre o Espírito e o corpo físico. Diz-se que é uma substância vaporosa para os encarnados, mas bastante grosseira para os desencarnados. Tal como a semente de um fruto possui o perisperma, o Espírito, por comparação, possui o Perispírito. A finalidade do perispírito é tríplice: manter indestrutível e intacta a individualidade; servir de substrato ao corpo físico, durante encarnação; constituir o laço de união entre o Espírito e o corpo físico, para a transmissão recíproca das sensações de um e das ordens do outro. Para o Espírito Emmanuel, o Perispírito é um "campo eletromagnético, em circuito fechado, composto de gases rarefeitos" (gases que se desfazem ou diminuem de intensidade).

Em O Livro dos Médiuns, Allan Kardec afirma que "O conhecimento do perispírito é a chave de uma porção de problemas até agora inexplicáveis". Quais são esses problemas? A mediunidade, as doenças, as materializações etc. Suponha que tenhamos, na presente encarnação, um câncer no estômago. Como surgiu? Hipótese: numa encarnação passada, exageramos na alimentação e criamos problemas para o funcionamento do estômago. Isso ficou gravado no Espirito e, por consequência, no seu campo mental. Para eliminá-lo, temos de purgá-lo. Daí o sofrimento, a doença.

O Espírito, ao reencarnar, forma o seu perispírito do fluido cósmico universal do planeta ao qual se destina. Conforme for o seu teor evolutivo, pode pegar as partes mais nobres ou mais rústicas do fluido universal do referido orbe. Os Espíritos mais evoluídos tomarão as partes mais rarefeitas; os menos evoluídos, as partes mais condensadas. Assim sendo, embora o corpo físico possa ser igual para todos os viventes, o mesmo não podemos dizer do perispírito, que varia para cada um de nós, conforme o grau de evolução moral conquistado.

O perispírito, por ser flexível, pode tomar diversas formas, de acordo com o arbítrio do Espírito. Os Espíritos nos informam que a forma básica do perispírito é a forma humana, inclusive em outros planetas. Isso, contudo, não impede de o Espírito tomar outras formas, como a forma animal. Ao vermos a materialização de um animal, pensamos que o animal se materializou, mas não foi isso o que aconteceu, e, sim, que o Espírito humano tomou a forma de um animal.

Tenhamos em mente a diminuição do peso específico de nosso perispírito. Atingindo esta meta, poderemos nos deslocar com mais facilidade no mundo espiritual.
Palestra em PDF

Nenhum comentário: