22 julho 2020

Sinóticos: Evangelho segundo Mateus

Mateus (ou Levi), segundo a tradição, seria um "publicano", isto é, um coletor de impostos convertido por Jesus e tornado um de seus apóstolos.

Evangelho - do grego euangellion, pelo latim evangelho significa originalmente "boa notícia". Para os cristãos, a "boa nova" de Jesus Cristo. Os Evangelhos podem ser dispostos da seguinte forma: 1) O Evangelho de Jesus; 2) O Evangelho dos Apóstolos; 3) Os Quatro Evangelhos (Lucas, Mateus, Marcos e João"); 4) O Quinto Evangelho (Os Atos dos Apóstolos e as Cartas Apostólicas); 5) Evangelhos Apócrifos. (1)

SinóticosDo grego synóptikos "percebido com uma só olhada". São os Evangelhos segundo Marcos, Mateus e Lucas. Os três seguem uma mesma linha de raciocínio. Contudo, há diversidade entre eles. Cada evangelista tem um material próprio não transmitido por outros. Mateus tem cerca de 330 versículos exclusivamente seus; Marcos, 30; Lucas, 548. Algumas vezes não seguem a mesma ordem na disposição cronológica dos fatos.

Cada evangelista tem sua visão de Jesus. Mateus apresenta Jesus como o Messias prometido por Deus no Antigo Testamento; Marcos entende Jesus como o servo de Deus que veio para a terra a fim de cumprir as ordens do seu Pai; Lucas anuncia Jesus como o Filho do Homem, como forma de mostrar o lado humano de Cristo; João enaltece o lado divino de Jesus, chamando-o de Filho de Deus. (2)

O problema das semelhanças e divergências doutrinárias. Nos Sinóticos, a carreira missionária de Jesus é de apenas um ano; é de três no Evangelho segundo João. Nos Sinóticos, a atividade de Jesus se desenvolve sobretudo na Galileia; no Evangelho segundo João, na Judeia. O nascimento milagroso de Jesus não figura em Marcos e muito menos em João. Em Mateus, Jesus teria nascido no ano IV antes da era cristã; segundo Lucas, no ano VI depois da era cristã. (3)

Quanto ao material utilizado. Admite-se a anterioridade de Marcos ou de um Proto-Marcos que teria sido utilizado Mateus e por Lucas. 90% da narração de Marcos são encontradas em Mateus, sob forma quase sempre abreviada. Como aferir a cópia feita por Mateus? Basta analisar os relatos que mostram uma notável concordância verbal, mais fácil de explicar se dois dos três relatos tiverem sido copiados do terceiro. Compare, por exemplo, Mateus 9, 9-13 com marcos 2, 1-17 e Lucas 5, 27-32. (4)

(1) BATTAGLIA, 0. Introdução aos Evangelhos — Um Estudo Histórico-crítico. Rio de Janeiro: Vozes, 1984.

(2) https://www.significados.com.br/novo-testamento/

(3) CHALLAYE, F. As Grandes Religiões. São Paulo: Ibrasa, 1981.

(4) RICHES, John. Bíblia: Uma Breve Introdução. Tradução de Denise Bottmann. Porto Alegre, RS: L&PM, 2016.




Nenhum comentário: