24 setembro 2006

Resumo da Doutrina dos Espíritos

Um resumo da Doutrina dos Espíritos leva-nos a refletir sobre os pontos principais que os Espíritos superiores transmitiram a Allan Kardec, no sentido de deixar um legado para a transformação moral da Humanidade. Deus, Espírito e Matéria, Reencarnação, Mediunidade e Pluralidade dos Mundos Habitáveis são alguns desses pressupostos.

Deus, Espírito e Matéria. Para o Espiritismo, a relação entre Deus, Espírito e matéria processa-se da seguinte forma: Deus é colocado como a inteligência suprema, causa primária de todas as coisas. Dele vertem-se dois princípios: o principio espiritual e o principio material que, individualizados, formam, respectivamente, o Espírito e a matéria. A ligação entre o Espírito e a matéria se faz através do perispírito, elemento semimaterial. Daí, conclui-se que no homem há três elementos constitutivos: Espírito, Perispírito e corpo físico.

A Reencarnação é, depois da existência de Deus, um dos pilares básicos da Doutrina. A reencarnação permite-nos refletir sobre a nossa condição de relatividade diante do Universo. Por ela, tomamos consciência que estamos num mundo transitório, onde Deus nos dá oportunidade de progresso, seja para refazermos nossos atos impensados do passado, seja para nos fortificarmos para o futuro. Aprendemos também que o verdadeiro mundo é o mundo espiritual. A Terra poderia nem existir que nada afetaria o mundo dos Espíritos.

A Mediunidade assume papel relevante nas instruções dos Espíritos. Aliás, foi através dela que o Codificador edificou todo o corpo doutrinário do Espiritismo. Facultando-nos o contato com os Espíritos mais evoluídos, somos locupletados de novas informações, novos conceitos e novas maneiras de interpretar o mundo em que vivemos. Sem essa dádiva do Alto, poderíamos permanecer por muito mais tempo na ignorância. Deus permite o intercâmbio com os seres espirituais, a fim de que tanto a humanidade desencarnada quanto a encarnada possam galgar novos estádios de evolução espiritual.

Um dos princípios mais ventilados no meio espírita é o da Transformação Moral do ser humano. O que adianta recebermos esse estoque enorme de conhecimentos, vindo dos Espíritos encarnados e desencarnados, se continuamos a agir da mesma forma? O objetivo maior dos Espíritos superiores é fazer refulgir o Evangelho de Jesus em cada uma de nossas ações. Para tanto, eles se fazem ouvir em todos os cantos do planeta, para que ninguém possa reclamar do desamparo de Deus.

O resumo do resumo da Doutrina Espírita poderia ser expresso numa frase lapidar de Jesus: “Fazermos aos outros o que gostaríamos que nos fosse feito”. Aí está toda a lei e os profetas.
São Paulo, 15/03/2004


Nenhum comentário: