06 janeiro 2021

Ciência Espírita e suas Implicações Terapêuticas (Livro)

Ciência Espírita e suas Implicações Terapêuticas é um livro do professor José Herculano Pires, cuja primeira edição data de 1979. Nesse livro, o autor discorre sobre os princípios da terapêutica espírita, os vícios e as perversões, a concepção errônea da homossexualidade, as curas, a psiquiatria espírita, os imponderáveis da cura espírita, as manifestações espirituais em crianças, a situação perigosa dos médiuns de cura, entre outros.

Algumas notas: 

Diz-se que o Espiritismo é ciência, filosofia e religião. Em se tratando da ciência espírita, devemos fazer uma ressalva, ou seja, a ciência espírita utiliza o mesmo método das ciências naturais, mas como os métodos da ciência natural não podiam ser aplicados a fenômenos extrafísicos, estabeleceu-se o princípio da adequação do método ao objeto. Na ciência espírita, devemos nos valer da percepção extra-sensorial, ou seja, da mediunidade.

Na terapêutica espírita, convém realçar que a mediunidade independe da moral do médium. Contudo, considerada como instrumento cognitivo, depende estritamente da moralidade. Quer dizer, quanto mais o médium estudar e mais se preparar para o trabalho de auxílio aos seus irmãos de jornada, mais receberá a influência dos Espíritos de luz, que o guiarão na sua missão curadora.

A terapia espírita para o tratamento de vícios e perversões consiste num processo oral de persuasão, conhecido como doutrinação. Conseguindo-se levar o espírito obsessor e sua vítima a se convencerem da necessidade e da conveniência de abandonarem o vício, ambos se curam. É um trabalho de paciência e perseverança, pois as dificuldades são imensas, especialmente as que se referem à fraqueza humana. 

As dificuldades nas curas pela terapia espírita decorrem, portanto, de nossas atitudes e ações no passado e no presente. Se prejudicamos a evolução de criaturas e comunidades em nossas vidas passadas, é natural que agora tenhamos de suportar as consequências de tais ações.

Concepção errônea da homossexualidade. Ver num jovem efeminado a reencarnação de uma mulher pervertida é fugir à realidade universal das perversões masculinas, sempre mais brutais que as femininas.

Na terapia espírita, convém não ter muita pressa com os resultados. Ao lado da dor material, há o problema moral. Muitos problemas exigem tempo de maturação para terem a solução definitiva.

PIRES, José Herculano. Ciência Espírita e suas Implicações Terapêuticas. Editora Paideia

Nenhum comentário: