02 julho 2008

Elementos Gerais do Universo

A palavra elemento, no sentido não especializado, significa cada uma das partes de um todo composto. O termo elementos, plural de elemento, denomina-se igualmente de maneira vaga os princípios rudimentares de uma ciência, de uma filosofia. Neste caso, o título acima poderia ser: Os Princípios Gerais do Universo. O Universo, por sua vez, é definido como o conjunto de tudo quanto existe, incluindo a Terra, os astros, as galáxias e toda a matéria disseminada no espaço.

O ser humano, na sua ânsia de saber, está sempre à procura das origens das coisas: Deus, Universo, Espírito, Matéria etc. É possível conhecer o princípio das coisas ou a intimidade de Deus? Os Espíritos superiores instruem-nos que, no atual estádio do desenvolvimento moral e espiritual do homem, ainda não estamos aptos a descobri-lo. É preciso que haja mais purificação do Espírito encarnado. Em compensação, podemos, pelo raciocínio, conhecer alguns de seus atributos, ou seja, de Ele ser eterno, imaterial, único e soberanamente bom e justo.

Deus, Espírito e Matéria são os elementos gerais do Universo. Deus é o princípio inteligente, causa primária de todas as coisas. De Deus vertem-se dois princípios: o princípio material e o princípio espiritual, que individualizados, denominam-se, respectivamente, matéria e Espírito. Essas são as variáveis relevantes para entendermos tudo quanto existe no Universo. Se, ao olharmos para as estrelas, as acharmos imersas num plano inteligente, é porque o que ocasionou o seu surgimento também o é.

De Deus pouco sabemos. Mas qual a relação entre Espírito e matéria? O Espírito é a essência, o ser pensante; a matéria, o elemento que escraviza o Espírito. A matéria serve de instrumento à evolução do Espírito. Contudo, o Espírito precisa se ligar à matéria. E como o faz? Através do perispírito, elemento semimaterial. O perispírito, por sua vez, é uma das transformações do fluido cósmico universal, considerado a matéria primitiva elementar. O fluido vital e o ectoplasma são também modificações deste fluido universal

Deus, na sua infinita bondade, traçou-nos as leis naturais, que tanto dizem respeito ao Espírito (morais) quanto à matéria (científicas). Conhecer essas leis – principalmente as morais – é o ponto chave para o nosso crescimento espiritual. Se cada um dos viventes se pautasse de acordo com essas leis, com certeza, teríamos um mundo mais harmonioso e feliz. Como incessantemente as desobedecemos deveremos, por força da própria lei, sofrer as suas conseqüências, ou seja, amargar as dores do reajuste.

Despendamos, assim, todos os esforços necessários não só para bem compreender as leis de Deus como também para as aplicar em nosso dia-a-dia. Aí está a nossa tábua de salvação.

Apresentação em PowerPoint
Mais textos em PowerPoint: http://www.sergiobiagigregorio.com.br/powerpoint/powerpoint.htm


Nenhum comentário: